Na aldeia de Baoxi, China, arquitetos desenvolvem belos projetos utilizando o bambu.

Na pequena aldeia de Baoxi, localizada na província de Zhejiang, na China, as construções arquitetônicas feitas com bambu chamam atenção pela beleza e proposta de utilização desse material. São 18 edifícios, incluindo hotéis, restaurantes, oficinas, casas, um museu de cerâmica e pontes. Para a realização dos projetos, foram convidados profissionais que têm reputação de arquitetura sustentável. São eles: Anna Heringer, Ge Quantao, George Kunihiro, Kengo Kuma, Keisuke Maeda, Li Xiaodong, Mauricio Cardenas Laverde, Madhura Primatilleke, Simón Vélez, Vo Trong Nghia, Yang Xu, Suk-Hee Chun e Young-Chul Jang.

Os prédios são permanentes e foram inaugurados em 2016, na primeira Bienal Internacional de Arquitetura de Bambu. Com curadoria do artista Ge Quantao e do arquiteto George Kunihiro, o evento propôs uma reflexão sobre as mudanças causadas pela indústria de construção no país e a defesa de preservação do ecossistema. As estruturas feitas com bambu, além de fortalecer tradições, destinam-se a mostrar que os materiais tradicionais e os contemporâneos não são mutuamente excludentes.

A ideia é que a bienal aconteça a cada dois anos, em locais diferentes na China. A que ocorreu em Baoxi é um projeto experimental, que ganhou a adesão da comunidade local e atrai turistas para esse ambiente rural e montanhoso, onde moradores e visitantes interagem para contemplar a beleza natural e também aquela que resultou da ação humana, ambas ilustradas aqui por algumas imagens feitas pelo fotógrafo Julien Lanoo.

1- Design Hotel, projeto de Anna Heringer.

2- Ponte, por Ge Quantao.

3- Construção projetada por Li Xiaodong: centro de design.

4- Museu cerâmico contemporâneo, criação de Kengo Kuma.

5- A contribuição de Keisuke Maeda.

6- Eco-energia eficiente. Casa experimental, por Mauricio Cardenas Laverde.

7- Algumas imagens foram divulgadas sem os nomes dos autores dos projetos e sem especificar os ambientes.

por AtoEscrito

Todas as imagens: Julien Lanoo

FONTES

HEILMEYER, Florian. Bamboo renewed – A remarkable hostel deep in rural china by Anna Heringer. 16 mar. 2016. Disponível em: www.uncubemagazine.com. Acesso em: 25 maio 2017.

KWOK, Natasha. The inaugural international bamboo biennale takes place in rural china. 13 abr. 2017. Disponível em: www.designboom.com. Acesso em: 27 maio 2017.

STEWART, Jessica. First Bamboo Biennale Creates Cutting-Edge Structures in Small Chinese Village. 15 maio 2017. Disponível em: http://mymodernmet.com. Acesso em: 27 maio 2017.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *