O trabalho de Mona Caron associa-se aos movimentos sociais e de sustentabilidade

Com propostas que contemplam os movimentos sociais, ambientais e de direitos trabalhistas, Mona Caron realiza as produções artísticas. Dentre os seus desenhos, vários são de plantas altas em edifícios, inclusive nas cidades brasileiras de São Paulo, Porto Alegre e Curitiba. Nas duas últimas, o projeto foi desenvolvido como parte das atividades do Fórum Mundial da Bicicleta, em 2013 e 2014.

A artista nasceu na Suíça, mas reside e trabalha em San Francisco, Califórnia. Nesta cidade, estudou Ilustração na Academy of Art University. Com habibilidade e técnica apurada, já desenvolveu projetos em seu país, nos EUA, Espanha, Grécia e Bolívia. Seu objetivo, especialmente através da Street Art, é promover a interação entre os locais em que seus murais são criados, as ruas e as pessoas para o despertar do diálogo sobre temas de interesse social.

Das imagens aqui expostas, há três da série Ervas Daninhas, quatro de Murais Narrativos e quatro de Artivismo, apresentadas nesta sequência. A coleção Ervas Daninhas reúne pinturas de ervas urbanas. Faz parte do processo de criação a procura por esse tipo de vegetação nas ruas próximas do local onde ficará a obra de arte. Ao encontrar uma “particularmente heroica”, ela pinta em grande dimensão. Como essas formas de vida surgem insistentemente no meio do concreto, a iniciativa é uma homenagem a todos aqueles que enfrentam situações aparentemente invencíveis. Os Murais Narrativos refletem aspectos da história local, a vida social em seu entorno, as ideias transmitidas por meio de conversas espontâneas com as comunidades e visualizam possibilidades futuras. Em parceria com o artista David Solnit, o trabalho desenvolvido na seção Artivismo reúne obras que documentam ações de ativistas em defesa dos povos indígenas, das mulheres, do meio ambiente, de trabalhadores agrícolas, de programa de alimentos e contra a repressão política.

Em seu site oficial, além dos vídeos e fotografias, o leitor entrará em contato com as informações sobre cada uma das obras criadas. Das que são apresentadas aqui, não consta em algumas o título, ano e local.

1- “Fireweed”, na cidade de Portland, Oregon, noroeste dos Estados Unidos. Obra feita em 2017.

2- “Projeto de ervas daninhas: mudas em São Paulo”, SP.

3- “Plantago Lanceolata”, em San Francisco, Califórnia.

4- Obra no Estado de Taiwan, na China.

5- Esta fica em Union City, na Califórnia. Tem como título “Tomando Raiz”.

6- “Estação de Manifestação: uma caixa de utilidade”, na cidade de San Francisco.

7- “Córrego da vida”, em uma propriedade privada.

8- Mural em Cochabamba, Bolívia, intitulado “A luta pela água continua”.

9- Em Porto Alegre, RS, 2013.

10-  “Flor de Bicicleta”, em Curitiba, Paraná, 2014.

11- “Mulheres de Custódia”, em Quito, Equador, 2016.

por AtoEscrito


FONTES

www.monacaron.com

CAVALCANTE, Aline. A arte de Mona Caron nos muros de Porto Alegre. 02 abr. 2014. Disponível em: vadebike.org. Acesso em: 10 fev. 2018.

REDEGLOBO. Mona Caron: uma flor para Curitiba. 14 fev. 2014. Disponível em: redeglobo.globo.com. Acesso em: 10 fev. 2018.

IMAGENS: site da artista

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *